Domingo, 13 de Junho de 2021
(69) 992851851 - 993838164
Brasil Brasil

Operação prende 5 envolvidos em assassinatos e apreende armas no Orgulho do Madeira

Orgulho do Madeira

20/05/2021 20h24
Por: Admin Fonte: rondoniagora.com
Operação prende 5 envolvidos em assassinatos e apreende armas no Orgulho do Madeira

Cinco pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (20), durante a Operação Efésios 5:6, deflagrada pela Delegacia Especializada em Crimes Contra A Vida (DECCV) com apoio da Polícia Militar para localizar e prender criminosos envolvidos em dois assassinatos e torturas no condomínio Orgulho do Madeira, na Zona Leste de Porto Velho.

 

No total, sete mandados de buscas foram cumpridos, que resultou na apreensão de armas de fogo, aparelhos celulares e munições. Os policiais cumpriram ainda, cinco mandados de prisão, sendo três temporárias e duas preventivas.

A investigação, coordenada pelo delegado Sandro Moura, apura a morte do jovem Matheus Guilherme de Souza, 18 anos. O corpo da vítima foi encontrado atrás do Orgulho do Madeira, na manhã do dia 7 de outubro de 2020, com várias perfurações de faca. Ele foi executado por integrantes de uma facção criminosa.

De acordo com as investigações, Matheus Guilherme foi morto porque membros de uma facção entenderam que ele seria de uma facção rival.

O segundo caso apura o assassinato de Marcos Roberto Cerqueira de Souza, 29 anos, encontrado morto e enrolado em um lençol, na noite do dia 25 de março deste ano, no setor chacareiro do Bairro Jardim Santana, na Zona Leste de Porto Velho. Ele estava com pés e mãos amarrados.

De acordo com o delegado André Tiziano, que coordenou as investigações, Marcos Roberto foi morto por asfixia mecânica. A vítima foi assassinada porque os criminosos receberam informações de que ele teria abusado sexualmente de uma criança e por isso foi executado como uma forma de castigo. “Ainda estamos apurando o crime, mas essa é a motivação mais robusta que temos dentro do inquérito”, detalhou o delegado.

Segundo o comandante do 5° Batalhão da Polícia Militar, major Renato Sulffi, as forças policiais vão continuar atuando dentro do condomínio Orgulho do Madeira e nas demais localidades da cidade com o objetivo de dar segurança para a população de bem. “Nós não vamos parar, vamos continuar combatendo a criminalidade na nossa capital”, finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias