Nosso super mercado1
Brasil

Pai é preso após tentar matar no centro da cidade, acusado de ter abusado de sua filha, em Jaru

Rondônia

03/12/2019 23h10
Por: Admin
Fonte: Jaruonline

Um homem foi imobilizado e preso por um agente penitenciário no final da manhã desta segunda feira(02), em frente a uma loja de parafusos, localizada na AV. JK, em Jaru.

Segundo informações a Polícia Militar foi acionada para comparecer no local citado acima, onde havia um homem furioso com um facão na mão e outro correndo com marcas de ferimento nas costas.

O acusado das agressões relatou a PM que ele teria se apossado de um facão assim que avistou o homem que estava na esquina da Rua Florianópolis, e este seria suspeito de ter abusado sexualmente de sua filha por cerca de 09 anos, tudo começou quando ela tinha apenas 06 anos de idade. O caso foi registrado pela mãe da adolescente, que era casada com o suspeito, logo que ela soube dos abusos contra a filha.

A vítima foi socorrida por populares ao Hospital Municipal.

Um agente penitenciário que passava pelo local no momento do ocorrido, conseguiu imobilizar o agressor até a chegada da Policia Militar. Após realizar os exames de corpo de delito, este foi conduzido a Unidade Integrada de Segurança Pública(UNISP), para ser ouvido.

Versão do Pai (agressor)

Vim de Ariquemes a Jaru para avisar o dono da loja de Implementos Agrícolas, que ele emprega um estuprador, foi quando me deparei com ele no balcão, dai não me contive e parti para cima dele com um facão.

Descobri que o atual esposo de minha ex-mulher, estuprava minha filha adolescente, desde que ela tinha 06 anos de idade, hoje ela tem 15.

Versão do agredido

Estava andando pela JK vindo da Loja Alvorada quando cruzei a Florianópolis e percebi que ele jogou o carro para cima de mim, foi quando escutei alguém gritando corre!! Dai saí correndo e atravessei a BR, e ele atrás com um facão, senti que ele me acertou, comecei a correr envolta de um carro foi quando chegou o agente penitenciário e me salvou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.