Nosso super mercado1
Brasil

Juízes reagem à lei de abuso de autoridade e planejam até paralisação

Rondônia

30/09/2019 21h56
Por: Admin
Fonte: Michael Caceres

Após a derrubada da maioria dos vetos do presidente Jair Bolsonaro, na última terça-feira (24) pelo Congresso Nacional, associações de juízes se mobilizam para reagir à lei de abuso de autoridade.

 

Os magistrados buscam entrar com ações no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei e ameaçam até 

PUBLICIDADE
 

com paralisação do Judiciário como forma de contra-atacar a medida.

 

A Associação dos Magistrados do Estado do Pará (Amepa) defende a paralisação como forma de pressionar o Legislativo e foi aprovada internamente pela maioria dos 355 juízes da ativa.

Com a iniciativa da Amepa, a proposta será levada a assembleia da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). Sendo aprovada, os magistrados iniciarão uma greve nacional.

Segundo o presidente da Amepa, Silvio Maria, a derrubada dos 18 vetos pelo Congresso deixou o texto da lei “muito genérico” e permite “a exposição e perda de força” da magistratura.

Ele também aponta que a redação é “extremamente prejudicial ao combate à criminalidade”, pois “criminaliza atos da Justiça”, deixando os juízes acuados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.