Quinta, 21 de março de 2019
(69) 992851851 - 993838164
Brasil

13/03/2019 ás 19h40 - atualizada em 13/03/2019 ás 20h40

67

Admin

Rondônnia / RO

Governo corta 21 mil cargos e gratificações e estima economia de R$ 195 mi
Brasil
Governo corta 21 mil cargos e gratificações e estima economia de R$ 195 mi

presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que extingue 21 mil cargos comissionados e gratificações do serviço público federal. A medida era uma das prioridades listadas para os primeiros 100 dias de governo.


O texto, publicado nesta quarta-feira, 13, no Diário Oficial da União, estima economizar 194,9 milhões de reais.


Na prática, a maior parte dos cargos extintos não vai gerar demissão de trabalhadores. Isso porque muitas vagas são uma espécie de adicional pago ao servidor público concursado que passa a exercer determinada função escolhida por chefias ou é nomeado para cargo de confiança.


O decreto estabelece a extinção imediata de 5.100 cargos e funções. Outras 12,4 mil deixarão de existir em 31 de julho. Já nas gratificações, 1.487 deixam de existir de imediato e outras 2.000 ficam vigentes até 30 de abril. Não há detalhamento de áreas em que os cortes foram feitos.


Segundo o texto, “eventuais ocupantes das vagas ficam automaticamente dispensados ou exonerados”. O governo não informou qual o número de postos que já estavam desocupados.


___________________________


VEJA TAMBÉM:


Vídeo: Freixo: ‘Qual foi a razão da morte da Marielle?’ (Via AFP)












 


 


 


00:00

01:38



 
 

 
 

 


Freixo: ‘Qual foi a razão da morte da Marielle?’

 









 

FONTE: msn.com

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium