Quinta, 17 de janeiro de 2019
(69) 992851851 - 993838164
Brasil

09/01/2019 ás 12h23 - atualizada em 09/01/2019 ás 13h23

80

Admin

Rondônnia / RO

Jaruense de 3 meses necessita de ajuda do Governo para realizar cirurgia mas esbarra na burocracia; mãe faz apelo
Brasil
Jaruense de 3 meses necessita de ajuda do Governo para realizar cirurgia mas esbarra na burocracia; mãe faz apelo

Uma criança que nasceu no Hospital Municipal de Jaru no último dia 27 de outubro com uma doença rara que afeta o sistema respiratório desde então está internada e agora a mãe, Tatiane Batista de Melo, pede ajuda para que a filha Yasmin Danielly Levinski de Melo realize uma cirurgia e tenha uma vida normal.


Após o nascimento, a pequena Yasmin foi transferida para o Hospital Monte Sinai, em Ariquemes, e depois de alguns dias foi transferida novamente para o Hospital de Base em Porto Velho desde o último dia 9 de novembro e foi diagnosticada com atresia de coana bilateral.


Atresia de coana é uma falha no desenvolvimento da comunicação da cavidade nasal posterior para a nasofaringe e apresenta-se com uma incidência de 1 para 5.000 a 7.000 nascidos vivos, com uma relação entre homens/mulheres de 1:2.




[wp_bannerize group="meio5" limit="1"]




 



 


Com menos de 3 meses de vida Yasmin se encontra internada no HB na Capital até hoje aguardando nova transferência para outro estado que realize tal procedimento cirúrgico, pois tem dificuldade na respiração devido à patologia genética.


Porém, o caso da criança, que necessita da cirurgia com urgência, esbarra na burocracia. Um pedido de Tratamento Fora de Domicilio (TFD) foi pedido pela família ao antigo secretário de Estado da Saúde, inicialmente seria para realizar a cirurgia em um hospital de Joinville/SC, mas depois encontrou um local melhor para o procedimento no Hospital da Criança Santo Antônio de Porto Alegre, que é particular e cobra um depósito no valor de R$ 140 mil para realizar o procedimento cirúrgico na pequena Yasmin.


Segundo a mãe de Yasmin declarou ao site Anoticiamais, o atual secretário da Saúde de Rondônia informou que o Estado possui a verba, mas que só pode ser liberada após o próximo dia 15 de janeiro, no entanto a criança necessita de urgência no atendimento.


Tatiane declarou ainda que já entrou com pedido via judicial através da Defensoria Pública visando o sequestro nas contas do Governo do valor cobrado para a realização da cirurgia, porém esbarrou novamente na parte burocrática e a juíza de Direito que atendeu o caso teria declarado que tinha que entrar novamente em outra vara, pois não tinha competência para resolver o caso.


A mãe de Yasmin chegou a fazer um apelo nas redes sociais para tentar sensibilizar as autoridades competentes a resolverem o caso de sua filha que corre risco de morte, citando inclusive o nome do atual governador Marcos Rocha.


CLIQUE NO LINK ABAIXO E VEJA O VÍDEO POSTADO PELA MÃE:


https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=220629148862683&id=100027467991088&sfnsn=wa&funlid=ZYw2CXWuJqu8JNsD

FONTE: Anoticiamais

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium