Quinta, 17 de janeiro de 2019
(69) 992851851 - 993838164
Geral

07/01/2019 ás 21h45 - atualizada em 07/01/2019 ás 22h45

56

Admin

Rondônnia / RO

China proíbe igreja de exibir primeiro mandamento, por ser “ofensivo”
geral
China proíbe igreja de exibir primeiro mandamento, por ser “ofensivo”

Autoridades do Partido Comunista da China forçaram uma igreja na província chinesa de Henan a retirar o primeiro dos Dez Mandamentos de um quadro na parede do templo por considerá-lo “ofensivo”.


A revista Bitter Winter, que monitora violações à liberdade religiosa na China, disse que o incidente não foi o primeiro do tipo. No final de novembro, 30 soldados realizavam uma inspeção na igreja quando se depararam com a inscrição “Não terás outros deuses diante de mim”.


 Os Dez Mandamentos, dados por Deus ao povo judeu através de Moisés, tornaram-se a base da moralidade na judaica e, posteriormente, no cristianismo.


Os líderes da igreja, que não tiveram os nomes revelados, opuseram-se fortemente à ação dos funcionários do governo. “Eles estão falsificando as palavras de Deus! Estão resistindo ao Senhor!”, reclamou um deles.


Um dos membros do Partido justificou que o presidente chinês Xi Jinping “opõe-se à declaração”, referindo-se ao primeiro mandamento. “Se alguém não concorda, estará lutando contra o país ”, alertou a autoridade. “Esta é uma política nacional. Você deve ter uma compreensão clara da situação e não deve ir contra o governo”.


A igreja foi forçada a arrancar a parte de cima do quadro com os Dez Mandamentos naquele dia.


Ao longo de 2018 surgiram muitos relatos das tentativas do governo em tornar o cristianismo “mais chinês” e foi divulgado que o governo pensava em publicar sua própria versão da Bíblia.


Bob Fu, fundador da missão ChinaAid, explica que parte dessa iniciativa de modificar o cristianismo para torná-lo mais “compatível” com a ideologia do Estado, inclui o uso de textos budistas e os ensinamentos confucionistas para defender os ideais socialistas.

FONTE: gospelprime

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium