Terça, 18 de dezembro de 2018
(69) 992851851 - 993838164

27º

Min 21º Max 28º

Trovoadas

Ouro Preto do Oeste - RO

às 16:56
Brasil

06/10/2018 ás 18h26 - atualizada em 06/12/2018 ás 19h26

98

Admin

Rondônnia / RO

Somadas, penas de condenados por chacina em RO chegam a quase 150 anos de prisão
Brasil
Somadas, penas de condenados por chacina em RO chegam a quase 150 anos de prisão

Os réus Yuri Felipe de Lima e José Lismar Moura foram condenados a 81 e 67 anos de reclusão, respectivamente, pelo assassinato de cinco jovens, entre 17 e 24 anos, em abril do ano passado. Juntas, as penas somam quase 150 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado. O G1 tenta contato com as defesas.





O júri popular começou na quarta-feira (5) e terminou com a leitura da sentença da juíza Márcia Serafim por volta das 15h30 desta quinta-feira (6), no Fórum de Colorado do Oeste (RO), município a pouco mais de 760 quilômetros de Porto Velho. Eles vão cumprir as penas em regime inicialmente fechado.




De início, eram quatro pessoas investigadas pela chacina. Os outros dois suspeitos que estavam no inquérito policial do caso não viraram réus. Segundo o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO), o Ministério Público não ofereceu denúncia contra eles por falta de provas consistentes que pudessem incriminá-los.




No primeiro dia, os acusados passaram pelo interrogatório. O debate entre defesa e acusação também aconteceu durante a última quarta. Conforme o TJ-RO, 10 testemunhas foram ouvidas, mas apenas uma compareceu ao julgamento pessoalmente. As outras tiveram os depoimentos exibidos.




 



Entenda o caso



 






 

Crime aconteceu em uma casa durante aniversário de adolescente de 17 anos em 2017.  — Foto: Reprodução/Rede AmazônicaCrime aconteceu em uma casa durante aniversário de adolescente de 17 anos em 2017.  — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Crime aconteceu em uma casa durante aniversário de adolescente de 17 anos em 2017. — Foto: Reprodução/Rede Amazônica





Cinco jovens foram assassinados a tiros durante uma festa particular na noite de 2 de abril de 2017 na cidade de Cabixi (RO), a cerca de 800 quilômetros de Porto Velho. Conforme a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu depois que quatro suspeitos armados chegaram ao local, mandaram os convidados deitarem de bruços no chão e executaram cinco deles com tiros na cabeça.



Segundo informações da PM, a festa acontecia na casa de um adolescente de 17 anos. Ele e outros seis amigos estavam reunidos fazendo um churrasco, quando quatro criminosos usando capacetes invadiram o imóvel e atiraram contra o morador da casa e mais quatro convidados.




Ainda conforme a PM, os criminosos pouparam a vida de uma menina de 17 anos e um rapaz de 13. Após os suspeitos deixarem o local, os sobreviventes saíram correndo pelas ruas e pediram ajuda de moradores.




A polícia foi acionada logo depois e encontrou as cinco vítimas já sem sinais vitais, deitadas de bruços no chão, com perfurações na cabeça. A área foi isolada para o trabalho da perícia criminal, que apreendeu quatro projéteis, quatro estojos e um cigarro aparentando ser maconha.




*Reportagem em atualização





Veja mais notícias da região no G1 Vilhena e Cone Sul





FONTE: G1 Vilhena e Cone Sul

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium