Quinta, 18 de outubro de 201818/10/2018
(69) 992851851 - 993838164
Nublado
23º
26º
31º
Ouro Preto do Oeste - RO
Erro ao processar!
Nosso b
BRASIL
Patrimônio de Marcos Rogério aumentou 3 vezes entre uma eleição e outra
Brasil
Admin Rondônnia - RO
Postada em 05/05/2018 ás 12h32 - atualizada em 05/05/2018 ás 13h32
Patrimônio de Marcos Rogério aumentou 3 vezes entre uma eleição e outra

Evolução patrimonial de deputado federal de Ji-Paraná foi alvo de críticas e denúncias por parte de deputados estaduais em Rondônia; e ainda, PGR arquiva inquérito de Raupp
Tem que ver mesmo

Na última quarta-feira, os deputados estaduais Hermínio Coelho e Jesuíno Boabaid subiram à tribuna da Assembleia e fizeram graves acusações contra o deputado federal Marcos Rogério (DEM). O motivo dos discursos inflamados foram críticas feitas pelo parlamentar federal a Assembleia, que havia aprovado projeto de lei que cria o Conselho Estadual LGBTTT. O problema é que os deputados estaduais não criticaram o parlamentar de Ji-Paraná por sua opinião retrógrada sobre o tema, e sim sobre a evolução patrimonial de Marcos Rogério. Jesuíno chegou a cobrar da Polícia Federal e TCU que investiguem o parlamentar. E ele tem razão.
Olha essa

Marcos Rogério foi candidato a deputado federal em 2010 e não foi eleito. Ele assumiria o cargo alguns meses depois em função da perda de mandato de Lindomar Garçon, que na época teve que sair devido a uma manobra jurídica. Uma candidata da coligação teve os votos anulados e ela convenientemente não recorreu, o que forçou a nulidade eleitoral e a ascensão do segundo colocado, no caso Marcos Rogério. Porém, em 2010, o deputado declarou à justiça eleitoral um patrimônio de R$ 260 mil, que era um imóvel em Ji-Paraná (200 mil) e uma camionete S-10 (60 mil).
Pois é

Só que em 2014, quando foi candidato à reeleição (e foi eleito), Marcos Rogério declarou R$ 733,005.50, ou pouco mais de 3 vezes seu patrimônio quatro anos antes. E nessa declaração ainda não constava o tal avião, que o parlamentar confirmou que é dono de “uma, de três cotas” de uma aeronave Baron, que segundo ele foi comprado com outros dois amigos. Mas o parlamentar gasta, e muito, com combustível de avião (em média R$ 6 mil/mês) e passagens aéreas, conforme notas por ele apresentadas a Câmara dos Deputados. Somente em março desse ano foram ressarcidos ao deputado, pouco mais de R$ 22 mil entre passagens e combustíveis. A gasolina para a aeronave é vendida pelo Aero Posto Yuri Comércio de Combustíveis que funciona em Ji-Paraná.
Mas, vamos voltar ao assunto principal

A evolução patrimonial deve sim ser explicada pelo deputado, já que por ser uma pessoa pública, que recebe (e gasta) recursos públicos, tem que ser transparente em suas despesas e receitas. Nos resta aguardar a declaração de bens desse ano, já que ele deve vir candidato à reeleição. Se mantiver esse ritmo de crescimento patrimonial, ele já pode ser chamado de “milionário”. A coluna tentou contato com o parlamentar, mas ele, para variar, não respondeu. À conferir sua declaração em 2018.
Arquivado

A Procuradoria Geral da República pediu o arquivamento do inquérito que investiga o senador Valdir Raupp, nesta quinta-feira. A investigação tratava de um suposto envolvimento do senador com tráfico de influência em favor da empreiteira gaúcha Brasília Guaíba. O inquérito havia se baseado na delação premiada do empresário Fernando Soares, o Fernando Baiano. Em agosto do ano passado, a delegada Graziela Machado da Costa e Silva, da Polícia Federal, já havia informado ao Supremo não ter colhido elementos suficientes que comprovassem crime de corrupção passiva por parte do senador. Para a PF, embora seja “moral e eticamente questionável o lobby”, não foram colhidos elementos suficientes do crime de corrupção passiva.
Em São Paulo

O governador Daniel Pereira (PSB) está em São Paulo onde participa da inauguração de uma unidade do Hospital do Câncer. Nesta sexta-feira ele deve retornar ao Estado.
OSS em debate

O deputado estadual Léo Moraes realiza nesta sexta-feira, 4, uma audiência pública para tratar da implantação de OS na saúde em Porto Velho e no Estado. O evento inicia às 15 horas no plenário da Assembleia. É interessante a população acompanhar para que depois não diga que foi pega de surpresa e não foi consultada sobre o tema.
Muda, “pero no mucho”

O STF restringiu o foro privilegiado de deputados e senadores, mas na prática isso não muda muita coisa. Só vale para crimes cometidos durante o mandato e que tenham relação com esse mandato. Os ministros também determinaram que, após as alegações finais no processo penal, a competência não será alterada por perda de mandato ou posse em outro cargo. Esse assunto, acreditem, ainda está bem longe de ter um final feliz para a sociedade de um modo geral.
Pais da criança

Muita gente anda tentando tirar uma “casquinha” das melhorias que estão sendo feitas no aeroporto de Porto Velho, mas o que está sendo feito lá tem dois responsáveis apenas, Luiz Cláudio e Ivo Cassol. Foi deles a iniciativa de procurar a ABDI, para fazer uma parceria e adquirir os elos de embarque e desembarque que estão sendo instalados. E foram eles que destinaram emendas para isso. O resto é claque.
Cinco mudanças de hábito que podem reduzir o risco de câncer

Idade, genética e exposição a fatores de risco podem causar câncer. Dessas três causas, só podemos controlar uma: a exposição a fatores de risco. Os fatores de risco são similares no mundo todo: cigarro, alimentação e nutrição inadequadas, álcool, doenças sexualmente transmissíveis e a exposição ao sol. Alimentação e nutrição inadequadas são responsáveis por até 20% dos casos de câncer nos países em desenvolvimento, como o Brasil, de acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer). Alguns vírus e infecções transmitidos sexualmente têm potencial cancerígeno. Além disso, a exposição solar em excesso é o principal fator para o câncer de pele. O que fazer, então, para “fugir” dos fatores de risco e reduzir a probabilidade de câncer? 1 – Não fume; 2 – Tenha uma alimentação rica em frutas, legumes, verduras, cereais integrais e leguminosas; 3 – Pratique atividade física; 4 – Pratique sexo seguro; 5 – Use protetor solar e não fique longos períodos exposto ou exposta ao sol. Não se expor aos fatores de risco não garante uma vida sem câncer. Mas pode reduzir as chances de ser afetado pela doença.


FONTE: Alan Alex
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
339
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium