Quarta, 24 de janeiro de 201824/1/2018
(69) 992851851 - 993838164
Nublado
22º
23º
27º
Ouro Preto do Oeste - RO
Erro ao processar!
Nosso b
BRASIL
Segundo novo estudo, quem frequenta cultos religiosos vive mais
Brasil
Admin Rondônnia - RO
Postada em 12/01/2018 ás 09h49 - atualizada em 12/01/2018 ás 11h49
Segundo novo estudo, quem frequenta cultos religiosos vive mais

Um novo estudo, publicado em dezembro de 2017 pela Public Library of Science (Plos) indica que frequentar ambientes religiosos ajuda a viver mais.


Pesquisadores da Escola de Saúde Pública Emory Rollins analisaram 18,3 mil pessoas na faixa dos 50 anos para identificar os possíveis impactos da religião nos índices de mortalidade. A avaliação foi realizada por 10 anos.


Os resultados mostram como aqueles que frequentam um culto religioso pelo menos uma vez na semana, possuem um risco de mortalidade 40% inferior a quem não tem essa prática.


Outra conclusão é que os frequentadores mais assíduos possuem menos chance de fumar ou ingerir bebidas alcoólicas, sendo mais propensos a fazer atividade física e as consultas médicas necessárias.


 

Raffaele Antonelli, professor de Medicina pela Universidade de Roma, explica que “a religiosidade ativa é uma marca que caracteriza uma população


onde há menor risco de morte, devido a diversos fatores de proteção, como um estilo de vida melhor e uma propensão maior a relações sociais”.


Encerrou dizendo que “essa disposição religiosa geralmente se associa a uma atitude mental positiva, que o ‘protege’ de doenças. É possível dizer que a religiosidade protege de depressão, consequentemente associada a outras doenças e até a morte”. Com informação das agências


 

FONTE: Jarbas Aragão
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium